2008/12/29

Multatuli

 
.
O nosso primeiro dia em Amsterdão começou comuma visita guiada (gratuita e a pé) pela cidade. A guia era uma americana que está na Holanda a fazer um mestrado em Estudos Asiáticos!! Fomos conduzidos por entre piadas da americana, risos dum australiano e suspiros de uma croata e de uma brasileira a propósito do australiano, através das ruas da cidade - red ligth incluída -, pelos canais, pela ponte mais larga, pela casa mais estreita, pela prima do outro, etc... foi interessante e deu para conhecer mais ou menos. Depois disto agarrámos em nós os dois e decidimos dar o nosso proprio passeio. E foi bem proveitoso.
A foto que mostro neste post é da estátua de um escritor holandês do Séc. XIX (belo século esse). Uma espécie de Eça de Queirós mas em mediocre (claro está!), que tinha como nome artístico Multatuli, que significa 'sofri muito' em latim, porque parece que sim, que foi perseguido porque era crítico de coisas que os outros não eram! Nesse dia, também podia chamar-me Multatuli por razões que decerto percebem!

2008/12/27

O jantar típico

 
.
Conforme prometido fomos a um jantar típico... lá fomos nós à boleia até um vilarejo próximo (Bunnik) comer a um pannekoekenrestaurant de madeira ao pé de um castelo no meio de um lago. Especialidade: Pannekoeken, que é como quem diz panquecas. E há-as para todos os gostos, desde doces a salgadas a passar pelas mistas. A foto mostra a minha panqueca. Tinha bacon, queijo, uns outros enchidos e moooontes de gordura e outras coisas que sabem bem e fazem mal. Para culminar decidi  seguir o exemplo do Didrick  e juntar um molho doce que eles lá tinham. Excelente!
Quando a refeição acabou despedimo-nos e fomos levados à estação de Utrecht para apanhar o comboio para Amsterdão. Pelo caminho os Mac's, as sopas de batata doce e a panqueca começaram a dar sinal... comecei a sentir-me estranho! Chegados a Amsterdão e depois de encontrado o Vondelpark, onde ficava a pousada, a coisa estava pior e seguiram-se dois dias difíceis do ponto de vista hepático! Mas tudo isto tem o seu lado positivo, como me sentia mal só de ver a comida acabei por gastar muito pouco em alimentação, que por lá é bastante cara!

Na terra das bicicletas...




.
Este post foi o primeiro a beneficiar do facto da coluna estar mais larga... agora as fotos já podem ser publicadas com 535 px em vez dos 400 px que o blogger permite.

2008/12/26

Mais um jogo...

Para os seguidores d'O Mundo da Fotografia Digital' segue a informação que o número de Janeiro já está à venda... encontrei-o hoje quando fui levantar os 20€ que o Pai Natal do Euromilhões me deu... Esse dinheirito deu logo para adquirir a revista e não é que tive uma bela surpresa! Pois é, na página 24, no topo, estão duas fotos de um sítio onde estive durante esta minha viagem! Reconheci logo de 'chapa' e tenho umas fotos parecidas, mas tiradas de outro angulo e com uma qualidade muito inferior...
O desafio é tentar descobrir onde foram tiradas as referidas fotos! Têm uns dias para descobrir...
.

Um dia com Didrick Fontaine

As memórias dos nossos passeios são uma misto de memórias sensoriais, relacionais e vivencias... ou seja (e vou deixar esta postura intelectualóide), são a mistura das coisas que vemos, ouvimos e sentimos com aquelas coisas que vivemos e as pessoas com as quais contactámos! (Mais simples, não??!!) Este dia é talvez a melhor ilustração para o que acabo de dizer porque foi um dia muito rico.
.
.
Como já sabem (disse à dois posts atrás), dormimos na casa da Ana e do Didrick. Esta foi uma experiência muito interessante... fomos à Holanda e tivémos o privilégio de dormir numa casa 'típica', daquelas de tijolinhos. Eu achei particularmente curiosa a falta de cortinas (que é uma coisa pouco usada por lá), o que permite uma comunicação interessante entre interior e exterior... entre o exterior e o interior o problema só se coloca se no exterior estiverem dois portugueses recém-chegados, que olhavam para todas as casas como se fossem lojas de decoração... as restantes pessoas não parecem sequer notar...
Outro pormenor destas casas é o facto da casa de banho (sem cortinas) ser exclusivamente para banhos e lavagens de dentes, etc... tudo o que é necessidade fisiológica é feito numa outra divisão.
.
Depois do pequeno almoço, que já foi à uma e tal, fomos passear por Utrecht. O Didrick tirou um dia de folga, estudou o guia da cidade e foi connosco. Descobrimos, entre outras coisas, que o Miffy (o coelhinho da imagem) era natural de Utrecht e que tinha lá um museu totalmente seu, para além de uma estátua, um semáforo com luzes em forma de coelho e de ter tido, em tempos, um prédio com orelhas de coelho!! Descobrimos ainda que Miffy é, na sua terra, conhecido por Nijntije ou algo que o valha... um diminutivo de coelho! (Sim, é muito mais simples dizer Nijntije do que Miffy!!)
.
Na foto, a placa da Hoendiepstraat, rua onde fica a casa da Ana e do Didrick, sobre uma parede 'típica'. Por curiosidade, um pouco abaixo da Hoendiepstraat fica a Socrateslaan... até por lá o nosso PM anda já viram!?)

Domplein

2008/12/24

Bom Natal a Todos

Primeiro peço muitas desculpas por este desaparecimento... No trabalho temos tido actividades e andamos com relatórios e planos de actividades para 2009 ainda para ser feitos! Ainda por cima estive de serviço este fim de semana e a ligação da net resolveu falhar! Em casa tenho net, mas tenho sido bastante parco na minha estadia, principalmente a horas decentes...
Segundo desejo um feliz Natal a todos vós... e que para o ano esteja cá toda a gente!
Segue dentro em breve a minha mostra de fotos e relato da viagem...
Um abraço forte!

2008/12/18

Mesas de Utrecht - Por entre pratos e copos

O sucesso da defesa da Sabrina foi devidamente comemorado. A Doutora (por extenso) levou-nos a um restaurante mesmo por trás da Universidade para jantar com ela, a família, professores e colegas de lá. Foi a minha primeira aventura gastronómica por aquelas bandas. Nota curiosa: os professores foram de bicicleta!
As entradas tinham uma coisa estranha: carpacio de vaca. Hummmm, não me convenceu. Gosto do de bacalhau (que na minha terra tem um nome bastante mais brejeiro), mas não me convencem a comer vaca crua!! Escolhi a sopa. O nome era sonante e despertou-me desde logo a curiosidade: Sopa de Batata Dôce com Chouriço. Foi a melhor sopa que comi na Holanda, até que decidi deixar de comer sopas holandesas.
A restante ementa não era estranha... era bastante internacional e não tinha nada que fizesse franzir o sobrolho. Ficou prometido um jantar típico para o dia seguinte.
A noite continuou por conta da Sabrina, que não tinha deixado nada ao acaso e planeou uma festa numa semi-cave de um restaurante à beira de um canal. Esta caves foram feitas quando o nível da água desceu, acrescentando-se mais um passeio à beira dos canais, para o qual comunicam estas caves. O Dj tinha um casaco amarelo que eu achei genial! A festa foi bastante divertida, mas chegadas as 2 da matina acabou (eles gostam de cumprir horários) e o pessoal amigo da Sabrina decidiu (naquela língua estranha) que ia para o outro lado da cidade para um bar emborcar cerveja. Foi então que tive uma experiência bastante interessante: andar à boleia de bicicleta!
A Catarina foi à boleia com uma menina e eu com um menino, que é uma questão de decoro. Eu recusei-me a ir de lado como as senhoras a montar a cavalo e decidi ir escarranchado com uma perna para cada lado, o que me valeu ter mandado umas quantas biqueiradas em passeios e pinos de sinalização que o meu transportador parecia muito divertido em fazer razias...
Chegados ao bar o pessoal aguentou-se ali um pouco e depois fomos  dormir para casa da Ana e do Didrick, que conhecemos nesse próprio dia, mas que nos receberam como se fossemos já velhos amigos... felizmente há gente assim.
.
Na foto: as mesas do restaurante e do Toque-toque (nome do restaurante-bar da festa).

2008/12/17

Domplein, Utrecht

Dia 8 de Dezembro. Pequeno almoço apressado em Bruxelas, seguido de viagem apressada para Utrecht à boleia com o João. Um erro fez-nos falhar o ring e depois, já dentro da cidade, andámos às voltas para estacionar... tudo isto e o facto do nosso compromisso ser às 14:00 não nos permitiu almoçar...
Lá fomos nós contentes para a Universidade lá do sítio, assistir à defesa do doutoramento da Sabrina. Os costumes de lá são diferentes dos nossos, começando pelo facto de terem 'madrinhas' (as meninas) e 'padrinhos' (os meninos)... Adorei a senhora do chocalho que declarou que o tempo pré-definido se tinha esgotado e terminouo interrogatório... depois do resultado e da abertura da recepção (comes e bebes), aproveitámos e fomos almoçar ao Mac mais próximo. Eram 16:30. Às 18:00 estávamos no restaurante para jantar... 
O dia não estava propriamente bonito, mas consegui tirar esta foto que, na minha opinião, ficou com uma perspectiva engraçada. Pena o céu ter ficado todo branco... É uma foto da Domplein, a praça onde está a catedral - ou melhor, o que resta da catedral depois de ter desabado e a torre que antes estava ligada mas agora tem uma praça entre ela e a catedral - onde se pode ver a estatua de Jan van Nassau e a Universidade (ou pelo menos o edifício principal) atrás.
Este Jan van Nassau, penso que seja um bispo e eleitor de Utrecht dos finais do Séc. XIII, quando aquela cidade e o seu território eram governados pelos Bispos (o que aconteceu até ao Séc. XVI quando Carlos V tomou o poder). No entanto, não me comprometo com esta identificação...

2008/12/16

Broqueville

Chegámos a Charleroi mais cedo do que o previsto... com o vento a favor os aviões da Ryanair parece que voam! Depois de apanhar o 'shutle' para a Gare du midi em Bruxelas, o João foi buscar-nos e levou-nos para uns aposentos na Avenue de Broqueville ou De Broquevillelaan (têm 3 línguas oficiais)...
Esta primeira foto foi tirada já na segunda de manhã, após o pequeno almoço, na sala do apartamento partilhado por três jovens emigrantes portugueses...
.

2008/12/15

De volta à santa terrinha...

Olá amigos. Voltei!
As férias terminaram e estou de volta a este saudável convívio. Já vi os comentários nos posts anteriores e excepto o brasão da cidade de Bruxelas (aquele com o S. Miguel a matar um demónio/dragão) conseguiram desvendar tudo!! Espero que tenham gostado.
Neste momento estou a descarregar as cerca de 700 fotos que trouxe desta semana. Vou separar o trigo do (muito) joio e mostrar algumas o mais breve possível.

Um abraço,

André

2008/12/13

Mais destinos incertos

A incerteza mantém-se, mas hoje gostava muito de ir ao sitio onde se deu esta batalha:
 
Nota: esta batalha foi popularizada em meados dos anos 70 por um grupo nórdico, composto por dois casais e cujo acrónimo dos nomes dos seus elementos é também o nome de uma marca de conservas do seu país... são conhecidos por cantarem numa mistura de inglês, francês e italiano (têm ainda versões suecas, alemongas e espanholas). As suas músicas integraram um musical da broadway, recentemente transposto ao cinema num filme com o tipo do 007, a tipa do África Minha e o tipo que contracenava com a Lúcia Moniz... Mái Mái at (este sítio) Napoleon did surrender... Ó iééé and I have met my destiny in quite a similar way... the history book from the shelf... is always repeating itseeeeeeeeeeeelf... (este sítio) I was defeated you won the war... (este sítio) promise to love you forever more...

Aqui podem ver:
Música na sua versão sueca, alemã e Hollywoodesca. Fica ainda um toque de humor: French and Saunders fazem paródia aos tipos...

2008/12/12

Hoje não sei para onde vou

Andar ao 'Deus-dará' também tem o seu quê de pitoresco... é assim que vamos andar hoje...
Não sabemos bem para onde vamos, mas é possível que se regresse já para aqui:

2008/12/11

Cidade Multi cultural

Ele parece que por aqui há uma grande tolerancia para com o que se apelida de cultura... A par com os outros grandes museus que esta cidade tem, existem alguns que se propõem mostrar que até nas coisas mais 'físicas' existem sempre algumas pessoas que são 'artistas'... Complementando esta oferta cultural de extrema elevação, existem uma série de sítios onde se fazem 'instalações' e performances ao vivo... ao estilo da melhor arte contemporânea da colecção do Museu Berardo... 
Não me parece que a agenda me permita um buraco onde enfiar uma visita a estes espaços... o que faria certamente só por curiosidade cultural e nunca por outro tipo de... motivações... nem me parece que a minha companhia de viagem esteja vocacionada para este tipo particular de programa cultural...
Depois destas referências tenho dúvidas que haja alguém que ainda não tenha percebido onde estou...

2008/12/10

Por cá...

 
Este é o sítio onde se pode ver isto:

 
Alguns metros ao lado há um outro sítio onde se pode ver estas flores infantis:

 
Gostava 'bué' de poder visitar estes sítios... mas sai caro (só o de cima pede 10€... sensivelmente o dobro do nosso MNAA) e o dia é curto... mas é quase como ir a Roma e não ver o Papa... (daqui se infere que pelo menos em Roma não estou...)

2008/12/09

Parece que vamos para outro poiso novamente

Hoje o programa, ao que me disseram, inclui um almoço típico... estou curioso!
Ao final da tarde vamos rumar a outra cidade... uma cidade onde ir ver as montras pode não ter o mesmo significado pacato de passeio em família pelo comércio tradicional como tem em Portugal...
Para não destoar cá fica mais um brasão.
.

2008/12/08

Hoje vamos para outra cidade...

Vamos para outra cidade, onde irá decorrer o 'motivo' (ou melhor, a desculpa) que aqui nos trouxe...
Para além de mudar de cidade, mudamos igualmente de país... aqui fica também o brasão desse país!
.

2008/12/07

Férias Férias Férias

Amigos fotodependentes,
Finalmente vou ter direito à minhas primeiras férias 'pagas' (i.e. com direito a subsídio de férias - até agora tinha uns dias de folgas acumuladas, etc...) e vou dar uma volta por paragens mais frias...
Mas não deixem de aqui passar... programei o blogger para vos ir aqui deixando umas imagens... é uma espécie de onde está o Wally, mas com um André em vez de um Wally. Não dou chocolates a quem acertar, mas não deixa de ser um exercício divertido e que permite pesquisar e conhecer umas coisas...
Cá vai... fica aqui o brasão da cidade onde estarei hoje. Nota: A 'mana' está em vantagem... porque sabe qual o programa da viagem...
.

2008/12/04

Periglicófilos

 
.
Periglicofilia é o nome dado ao acto de coleccionar pacotes de açucar, ou melhor, pacotinhos... é uma denominação um tanto ou quanto estranha, mas sempre é melhor que 'pacotófilia'!!!
.

2008/12/03

2008/12/02

Hoje não há fotografia

Hoje há publicidade ao mais fantástico creme anti-rugas, anti-celulite, anti-idade, anti-acne, anti-feio, anti-barba por fazer... o creme que nos consegue meter todos a parecer supermodelos ou bonecos espanhóis... permite tirar nódoas negras ou até colocá-las, se precisarmos de provas contra inspectores da PJ...
Esta maravilha utilizada ad hoc pela imprensa cor de rosa e não só é o fabuloso creme adobe photoshop... agora com embalagem mais atractiva...
.

.
 Divirtam-se!
.

2008/12/01

Se não fosse o dia de hoje...

.
Se não fosse o dia de hoje, em 1640, hoje não existiriam stencils do senhor Aníbal, mas sim do senhor Jõao Carlos... quem concebeu o 'mural' não o iria querer longe daqui e ia dizer Portugal te necessita... lejo de aquí... O português, esta língua maravilhosa, iria ter o mesmo destino do Catalão e ser somente uma segunda língua...
Se não fosse o dia de hoje, podiamos até estar melhor na vida - muitas vezes pensamos isso nos momentos de desanimo, como por vezes o fiz e partilhei aqui neste blog -, mas não seríamos portugueses. Por isso, ainda bem que existe o dia de hoje.
.

2008/11/28

Quentes e boas

.
Fim de tarde em Coimbra. A chuva estava intermitente e o frio já apertava. O pregão do homem das castanhas convidava a parar para aquecer um pouco o corpo e o estômago. Os 'fantasmas' arrastam-se pelo meio do fumo, desaparecem, vão para paragens mais amenas... fica só o homem das castanhas e algum transeunte que se atreve a parar.

2008/11/27

Restos mortais...

 
.
Esta foto podia também ser chamada de Vanitas, porque encaixa bem nesse tema de pintura. É uma foto da minha visita à capela 'dos ossos' em Évora... uma capela construída no sec. XVI, por uns senhores que queriam meter o pessoal a considerar que a vida não vale nada (um pouco epicuristas mas sem aquela parte do aproveitar do dia... para eles era mais prepara a próxima vida) e vai de esvaziar os cemitérios da cidade para forrar uma capela toda a ossos. A encimar a entrada, uma frase: Nós, ossos que cá estamos, pelos vossos esperamos... É de mestre, muito sinceramente. Muitas vezes olhamos para monumentos e pensamos nos anónimos que o construiram, pois bem, aqui os anónimos estão lá e são literalmente as 'pedras', não vivas mas mortas, do templo do Senhor...
A foto não está grande coisa... mas a minha maquineta não permite muito melhor... e nem levei tripé nem nada...
.
E já agora, aproveitando a 'embalagem', vou mostrar duas fotos da primeira campanha de escavações que fiz numa igreja... é claro que aquilo tava cheio de malta morta... nesta campanha só apanhamos um esqueleto inteiro e nestas fotos não aparece... mas podem ver aqui o André a desenhar os ossinhos e deitado ao lado de um 'habitante' com uma t-shirt do município da Moita onde se lia é bom viver aqui...
.

2008/11/25

... é base, fuste e capitel...

.
Esta foto é para a Helena... foi tirada em Évora ao chamado templo de Diana, mas que se pensa tratar na realidade de um templo dedicado ao culto imperial. As colunas são em estilo coríntio, um estilo originalmente grego mas mais utilizado na arquitectura romana do que na grega (aqueles romanos eram superiores mas depois iam copiar os outros todos...). Caracterizam-se pelos fustes (a parte 'importante' da coluna) com caneladuras muito marcadas e pelos capitéis decorados 'profusamente' com folhas de acanto... esculpidas claro, não sejam como uma colega minha que pensava que os gajos colavam folhas nos capitéis...

[nota: já tive que editar o texto... tinha um erro e tinha-me esquecido de uma palavra lá pelo meio]

2008/11/23

Animalia 3

 
.
Disseram-me que esta é uma raça de galinhas alemã... realmente, dito isto, parecem-me ter cara de alemães...
A próxima foto é de um animal muito estranho que me disseram ser um 'montiaque' (nem sei bem se é assim que se escreve). A foto está desfocada e foi aqui colocada somente pela estranheza do bicho, não por nenhuma razão 'estética' ou 'artística'... :)
.

2008/11/22

Animalia 2

Este era o Artur, um gato que recolhi juntamente com uma irmã sua numa noite em que fui dar uma volta a pé... estavam abandonados no meio de um descampado e ainda me arranhei todo para os apanhar. Salvei-os de morrer de frio, mas o Artur acabou por morrer na mesma, constipado, uns dias depois... a irmã está boa e recomenda-se, em casa de uns amigos de família... às vezes dar uma pílula às gatas ou fazer uma esterelização resolve muitos problemas!

2008/11/21

Prémio Foto

.
O Prémio Foto foi dado a este blog pela Helena do 'Na terra dos deuses', a quem agradecemos (eu e o blog) muito... O prémio não é bem prémio, é uma espécie de desafio a escolher uma foto que nos diga algo mais e a partilhá-la...
Escolhi a foto de um pormenor de um repuxo no claustro do Mosteiro de Alcobaça. Quem me conhece ou já tem passeado pelos posts deste blog, já percebeu a minha ligação afectiva à História e ao Património. Captar, dentro dos limites das minhas capacidades técnicas e da minha maquineta, perspectivas diferentes das 'pedras velhas', mostrar um pouco da magia secular que encerram e desse modo contribuír para divulgar e proteger uma riqueza que é de todos nós é algo que, por 'deformação profissional', me motiva muito. Por isso, apesar da minha (outra) fixação com as praias, a foto escolhida teria que ser obrigatoriamente uma foto de um pormenor de um monumento, de um sítio, etc... cá está ela... o leão 'cuspidor'...
.
Seguem agora as regras do 'jogo':
.
1- Linkar quem te concede o prémio
2- Premiar 8 Blogs
3- Por respeito, manter a corrente do prémio (à parte do que o prémio significa para cada um, é a partilha de outros Blogs que conhecemos e divulgamos que enriquece a comunidade).
.
O ponto 3 refere uma coisa muito importante, o facto de sermos uma comunidade... e isso dá uma dimensão muito forte a cada blog individual. De facto, nós não publicamos as fotos para serem vistas só por nós, publicamos para serem vistas pelos outros, para serem criticadas, visitamos outros blogs e gostamos que visitem os nossos... crescemos uns com os outros. Pessoalmente, ainda que não tenha pretensões a ser um grande 'artista', sinto que esta comunidade me tem ajudado muito a olhar de um outro modo para as fotos que tiro (não só para aquelas que aqui partilho convosco) e tenho por muita gente que não conheço pessoalmente sequer bastante estima... tudo à custa desta comunidade informal.
.
Não vou indicar 8 blogs, como previsto, vou somente indicar 3, aqueles que visito mais regularmente, apesar de nem sempre comentar (mas vou lá quase todos os dias acreditem). Apesar de terem sido já premiados e um já ter 'respondido', os blogs que desafio são:
  1. O meu olhar
  2. Pontos de Vistas
  3. Inpression'a'luz
A Helena, descoberta recente, poderia também ser desafiada, insere-se no parâmetro que criei, mas como foi ela que me desafiou já não faz sentido...
Um obrigado também ao Jorge do 'Meu Olhar' pela reatribuição do prémio.

Animalia

2008/11/20

Nudez

 
Porque nem só as pessoas se despem...;)

2008/11/19

Nudez

.
Amigos, amanhã, pela primeira vez, este blog vai exibir nudez...
.

Anglia

2008/11/18

2008/11/17

2008/11/16

 
Esta flor tem um habitante...

2008/11/15

2008/11/13